BLOCOS-DIAGRAMAS E SUA APLICAÇÃO PARA O ESTUDO DO RELEVO

  • Victor Ventura da Luz
  • Luana Rampinelli Quaresma
Palavras-chave: Aprendizagem, Geomorfologia,Topografia

Resumo

Os recursos didáticos vão desde livros com ilustrações 2D até os 3D, em que a tridimensionalidade é capaz de dar a noção não só de profundidade, mas de outras sensações ao tocar, e instigar a ver o que tem atrás, por baixo, uma coisa que nos recursos 2D não tem como fazer. O artigo visa apresentar o bloco-diagrama como recursos didático que não somente mostra, mas descreve, instiga o estudante e serve como oportunidade de descrição das ações do tempo impressas nas feições deixadas, tanto no relevo, como na litologia. Aziz Ab´Saber dizia que a paisagem é um conjunto de alterações, sejam elas naturais ou humanas ou ambas, que se moldam no espaço e no tempo. Tendo isto, os blocos-diagramas serão apresentados de forma a trabalhar não somente as feições, mas os processos que por eles foram impressos. E que por meio da confecção possam ser explicados e expostos aos estudantes o meio em que eles estão inseridos, como também contexto do todo, permitindo fazer leituras e compreensão de uma boa convivência com a natureza.

Publicado
2019-12-09
Edição
Seção
Linguagens cartográficas no Ensino de Geografia