ATRAVÉS DOS MUROS: PERCEPÇÕES DA GEOGRAFIA DA INFÂNCIA

  • Éric Borges de Carvalho Nogueira
Palavras-chave: Geografia da Infância, Ensino de Geografia, Medo.

Resumo

Ao longo de meu primeiro trabalhando como professor de geografia para o quarto ano do ensino fundamental, vários assuntos que até então eu não havia conhecido no âmbito da Universidade estavam ali postos no meu cotidiano escolar. O que elas entendiam e como elas enxergavam o espaço geográfico?A partir das experiências em sala de aula, das percepções do entorno escolar e das relações que os alunos me traziam nas aulas, decidi buscar entender quais eram suas visões relacionadas à segurança na cidade através de alguns trabalhos realizados ao longo do ano, que puderam esmiuçar inúmeras visões de mundo e espacializações a partir de experiências das crianças. Ao entender que o medo estava presente no imaginário e na representação de cidades feita pelos alunos, encerro o artigo demonstrando como ele é fator fundamental para compreender como os estudantes enxergam a cidade.

Publicado
2019-12-09
Edição
Seção
Linguagens cartográficas no Ensino de Geografia