MAQUETES INTERATIVAS COMO RECURSO DIDÁTICO: O ESTUDANTE COMO PROTAGONISTA

  • Diego Alves Ribeiro
  • Carla Cristina Reinaldo Gimenes de Sena
Palavras-chave: Cartografia Escolar, Relevo, Ensino de Geografia

Resumo

O artigo a seguir é resultado de um projeto de extensão financiado pela PROEX "Uso de Tecnologia em Maquetes Interativas como Recurso Inclusivo", desenvolvido na Escola Municipal de Ensino Fundamental “José Alves Martins”, na cidade de Ourinhos/SP, durante o ano de 2018. Mostrando o processo da construção da maquete pelos alunos como uma fonte de informações diferenciada no processo de ensino-aprendizagem, onde o aluno se vê como protagonista na construção do conhecimento e assim ressignifica aquilo que está aprendendo, além da adição do recurso tecnológico, o QR Code, que expande ainda mais as possibilidades de trabalho com o recurso.

Publicado
2019-12-09
Edição
Seção
Linguagens cartográficas no Ensino de Geografia