PRÁTICAS LINGUAGEIRAS NO ENSINO DE GEOGRAFIA: ESTUDOS DISCURSIVOS SOBRE A CIDADE DE SÃO PAULO

  • Darlan da Conceição Neves
Palavras-chave: discurso, educação geográfica, cidade

Resumo

O objetivo desse trabalho é apresentar as possibilidades de aprendizagem a partir de situações proporcionadas pelo professor, por meio das interações entre os estudos críticos do discurso e a Geografia Escolar. Para tanto, apresentaremos uma atividade realizada com uma turma de 2º ano do Curso Técnico em Edificações, pertencente à Escola Técnica Carlos de Campos em São Paulo. Na oportunidade foi debatido a produção do espaço urbano da cidade de São Paulo na atualidade com os alunos e alunas, a partir do tema “condomínios fechados”. A atividade se concretizou com uma análise individual qualitativa de folders de condomínios que estão em fase de divulgação e venda em alguns bairros da capital paulistana. Ao final do trabalho, identificamos que os alunos perceberam uma multiplicidade de sentidos e significados, corroborando com a eficácia do material de divulgação em produzir certos sentidos sobre a cidade; além de também e em alguns casos, ao mesmo tempo, aguçar a percepção desses objetos espaciais como produtores de uma atualizada lógica de produção espacial.

Publicado
2019-12-10
Edição
Seção
Raciocínio geográfico no Ensino de Geografia