PREVENÇÃO DE DESASTRES NATURAIS NO ENSINO BÁSICO DE GEOGRAFIA: USO DE CARTILHAS

  • Kaio Pereira Machado
  • Anice Esteves Afonso
Palavras-chave: Educação Geográfica; Ensino de Geografia Física; Prevenção de Riscos Naturais

Resumo

Os desastres naturais provocados por eventos naturais extremos têm afetado número crescente de pessoas em todo o mundo, originando danos, prejuízos e perdas de vidas, exigindo ações preventivas e/ou mitigadoras em diversos níveis. O governo federal brasileiro estabeleceu a Lei Nº 12.608/2012 definindo a Política Nacional de Proteção e Defesa Civil (PNPDEC), cujo objetivo é a redução dos riscos de desastres, prestação de socorro e assistência ás populações atingidas. A PNPDEC propõe apoiar a comunidade docente no desenvolvimento de materiais didáticos no sentido de criar uma cultura de prevenção de desastres nos ambientes escolares. A prevenção dos desastres naturais deve ser, portanto, interessar: à Geografia (ciência que estuda a dimensão espacial dos fenômenos sociais, físico-naturais e suas relações); ao ensino de Geografia na Educação Básica (visando estimular o pensamento espacial e o raciocínio geográfico; ao ensino de Geografia Física (aplicando conhecimentos relativos à dinâmica da Natureza à educação geográfica). A difusão de informações de prevenção de riscos de desastres naturais deve ocorrer ao longo de todo o ensino básico. Neste trabalho, sugerimos que os professores de Geografia da educação básica produzam materiais de divulgação de informações sobre a dinâmica de eventos naturais extremos, visando prevenir a comunidade escolar de tais riscos. A proposta aqui é de que cada professor seja capaz de levantar informações sobre riscos locais e desenvolva estratégias para a melhor compreensão dos fenômenos naturais e de como prevenir os riscos localmente mais comuns. A produção e o uso dessas cartilhas podem contribuir para que os alunos entendam mais facilmente as interações entre sociedade e natureza, entendendo seu papel como cidadão que dissemina mecanismos de prevenção de desastres naturais na sociedade.

Publicado
2019-12-10
Edição
Seção
Raciocínio geográfico no Ensino de Geografia