A CARTOGRAFIA ESCOLAR: UMA ANÁLISE DOS MÉTODOS E ABORDAGENS DE ENSINO E SUA DEFICIÊNCIA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES

  • Isabella Cavalcanti dos Reis
  • Gustavo Souto Perdigão Granha
Palavras-chave: Analfabetismo Cartográfico, Alfabetização Cartográfica, Ensino Cartográfico

Resumo

A história da Cartografia se faz presente desde os tempos mais remotos, acompanhada da história da humanidade, desde os povos primitivos, por exemplo, com suas representações rupestres da realidade. Porém, sua abordagem no âmbito escolar ainda se encontra muito banalizada, levando em conta que os docentes de Geografia encontram muita dificuldade de ensinar a Cartografia de forma simples, considerando que os mesmos – ou a maioria – também não tiveram um ensino cartográfico eficiente, formando, então, um ciclo que gera o analfabetismo cartográfico. O mapa é um meio de comunicação que se utiliza da representação gráfica, sendo o principal recurso visual fundamental para o docente ensinar Geografia, mesmo sabendo que ele ainda não é interpretado de forma a fazer sentido para o leitor, o que reforça a ideia de que a alfabetização cartográfica se faz cada vez mais necessária. Dessa maneira, é importante reiterar que a Cartografia permite conquistar autonomia através da habilidade de leitura de mapas e da extração de informações presentes neles. Sendo o produto final do ramo de conhecimento da Cartografia, o mapa segue tendo um papel de grande relevância no ensino de Geografia. A linguagem cartográfica precisa ter o mesmo cuidado metodológico na sua alfabetização quanto à linguagem escrita. Ela é específica, precisa da inclusão fundamental dos elementos de mapas e gráficos para sua representação. Sendo assim, o objetivo principal do presente trabalho é de reforçar a importância do ensino cartográfico enquanto formador de cidadãos e de analisar possíveis indícios de ausência de ensino de Cartografia nas escolas. Além de, posteriormente, realizar comparações entre o ensino público e privado, abordando ainda a metodologia de autores fundamentais para o ensino da Cartografia no Brasil.

Publicado
2019-12-10
Edição
Seção
Múltiplas linguagens no Ensino de Geografia