O USO DE MAQUETES COMO RECURSO DIDÁTICO NA GEOGRAFIA ESCOLAR: (RE) CONHECENDO O CONCEITO DE LUGAR NO CONTEXTO DA USINA HIDRELÉTRICA DE BELO MONTE

  • Samara do Nascimento Souza
  • Adriana da Costa Paiva
Palavras-chave: aprendizagem, identidade, didática

Resumo

Neste relato, pretende-se estudar a construção do conceito de lugar na perspectiva da identidade do indivíduo, por meio do uso de maquetes, como recurso didático visando o aprendizado e aprimoramento dos conceitos geográficos para os alunos do oitavo ano (fundamental maior). Sendo que um dos principais pontos de partida para o desenvolvimento deste trabalho, foram as dinâmicas urbanas habitacionais as quais derivaram do contexto de implantação da Usina Hidrelétrica de Belo Monte em Altamira-PA.Com isso, através da metodologia aplicada, (construção e utilização de maquetes) foi possível perceber ao longo do processo que a proporção visual do conceito de lugar, tornou-se mais clara e ampla aos alunos. Julgamos que potencialmente os alunos desenvolveram um processo ativo no dinamismo de aprendizagem e que o uso de tais recursos didáticos contribuem de maneira efetiva para o ensino e aprendizagem dos educandos.

Publicado
2019-12-10
Edição
Seção
Múltiplas linguagens no Ensino de Geografia