A INFLUÊNCIA DAS TEORIAS CURRICULARES E DA INSERÇÃO DO SUJEITO IDOSO NO ENSINO DE CARTOGRAFIA

  • Gisa Fernanda Siega Rocha
  • Sílvia Elena Ventorini
Palavras-chave: Ensino, Currículo, Práticas Pedagógica

Resumo

O presente artigo tem por objetivo apresentar as experiências pedagógicas praticadas com os alunos do 6º ano de uma escola estadual localizada em São João del-Rei (MG). O fio condutor da discussão é a pesquisa de mestrado intitulada: O Ensino-aprendizagem de conceitos cartográficos a partir do tema do envelhecimento da população brasileira no espaço urbano. A fundamentação teórico-metodológica tem como base a pesquisa qualitativa e a pesquisa ação. Os procedimentos desenvolvidos foram: representações dos alunos e dos idosos por meio de desenhos e croquis; entrevista aos idosos; diálogos dirigidos; atividades com imagem de satélite e espacialização dos desenhos em mapas. Para isso citaremos incialmente as teorias curriculares que subsidiam e influenciam o ensino por meio das ideologias presente por trás de cada matriz curricular e a importância dos currículos praticados. Os resultados apontam que as crianças interagem mais com uma atividade lúdica do que apenas com aulas expositivas e criam seu próprio sistema de representação quando desenham, auxiliando no desenvolvimento do raciocínio e da alfabetização cartográfica.

Publicado
2019-12-10
Edição
Seção
Múltiplas linguagens no Ensino de Geografia