EDUCAÇÃO E FOTOGRAFIA: MULTIPLICIDADES DO LUGAR ESCOLAR

  • Rogério Borges
  • Andréa Aparecida Zacharias
  • Lizandra Mayara de Oliveira Teixeira
Palavras-chave: cinema, ensino de geografia, fotografia, lugar

Resumo

O presente artigo é resultado parcial da pesquisa de mestrado intitulada “A linguagem cinematográfica no estudo do lugar”, que propõe uma metodologia com cinema para o ensino de Geografia a partir do conceito de lugar, segundo Doreen Massey (2008). A pesquisa consiste na elaboração, produção e aplicação da versão cinematográfica do projeto “Diferentes linguagens no estudo do lugar: propostas e diálogos para Atlas Municipal Escolar”, que está sendo desenvolvido com o apoio colaborativo dos discentes do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência – PIBID Geografia – UNESP Ourinhos (Núcleo Escola Racanello). Para tal, num primeiro momento realizamos uma pesquisa bibliográfica buscando compreender o fenômeno do surgimento da fotografia no século XIX, seguida da invenção do cinema e seus desdobramentos no século XX. Em seguida, buscamos analisar os olhares dos alunos dos 8°s anos do ensino fundamental da Escola Municipal de Ensino Fundamental Prof.ª Adelaide Pedroso Racanello, na cidade Ourinhos-SP, através de oficinas de fotografia e dispositivos sugeridos para a captação de imagens pelos próprios alunos com seus celulares. E, posteriormente, num terceiro momento, os alunos apresentaram as fotografias que produziram na escola aos demais colegas de classe, proporcionando uma roda de conversa sobre as imagens por eles registradas. Os resultados obtidos apresentaram uma vasta amplitude de olhares e concepções sobre o lugar escolar, abrindo assim caminhos para novos trabalhos nesse sentido, nos quais as imagens possam ser incorporadas como uma forma de representação validada pelo olhar do sujeito, revelando a multiplicidade dentro do espaço e ambiente escolar

Publicado
2019-12-11
Edição
Seção
Múltiplas linguagens no Ensino de Geografia