ARTE E GEOGRAFIA: GÊNERO E VIOLÊNCIA COSTURANDO A CIDADE DE CAMPOS DOS GOYTACAZES

  • Felipe Costa Aguiar
Palavras-chave: Ensino, Fenomenologia, Lugar.

Resumo

Este trabalho tem como objetivo analisar as representações de gênero que os alunos trouxeram através das imagens poéticas presentes nos contos (re)criados por eles. Assim, uma atividade foi trabalhada com o intuito de que os alunos recriassem o conto dos três porquinhos em sua cidade, para melhor compreender como representam a cidade vivida. Então, ao recriar as estórias os alunos projetaram algumas situações em que as relações de gênero vinham acompanhadas da violência, tecendo assim, uma imagem própria da cidade de Campos dos Goytacazes. Entende-se então, que as práticas educativas devem visar o mundo cotidiano dos alunos, pois é nessa esfera que sua existência se constitui e, a partir do desvelamento desse mundo e dos significados construídos pelas imagens que os alunos compuseram nos contos a consciência crítica de mundo pode ser exercitada, haja vista que os estudantes são colocados de frente com o seu mundo, no momento de criação da estória, além de permitir que o professor explore a cotidianidade que compõe a existência dos alunos através da análise de suas estórias cotidianamente construídas.

Publicado
2019-12-11
Edição
Seção
Múltiplas linguagens no Ensino de Geografia