(RE) PENSANDO A ABORDAGEM SOBRE O DESMATAMENTO NO ENSINO DE GEOGRAFIA NUMA PERSPECTIVA DE REFLEXÃO E APRENDIZAGEM EM ALTAMIRA- PA

  • Jéssica Ferreira de Castro
  • Amanda Kelly Bezerra da Silva
Palavras-chave: didática, senso crítico, desmatamento

Resumo

Este artigo apresenta a utilização do júri simulado como uma experiência de prática pedagógica em sala de aula, realizada com os alunos do 6ª ano do ensino fundamental na escola municipal Deodoro da Fonseca, no município de Altamira–PA. O principal objetivo deste trabalho é incluir todos os alunos na atividade-júri simulado-, para que haja uma interação entre os colegas de classe, e que busque desenvolver as habilidades que cada aluno tem, ampliando o conhecimento dos estudantes, aprendizado em sala de aula, posições sobre determinados assuntos pertinentes á sociedade e desenvolver o senso crítico de cada um. A atividade foi desenvolvida através das aulas de geografia, partindo da problemática de que as aulas, na qual abordam o assunto sobre Desmatamento, geralmente são aulas tradicionais e que não trazem uma reflexão e senso crítico aos alunos. Sendo assim, esta prática pedagógica foi realizada por meio de palestras explicativas sobre as causas do desmatamento e ensaios nos espaços da escola. O artigo foi construído através de pesquisas realizadas na internet sobre o desmatamento, juntamente com o roteiro sobre o júri simulado e também contando com a interação de autores renomados que discorrem sobre a temática de aulas inovadoras. Desta forma, para realizar a atividade, usamos como referência a Lei Federal de crimes ambientais, Nº 9.605 de 12 DE FEVEREIRO de 1998, jornais, revistas e artigos científicos. Portanto, a realização do júri simulado obteve seus objetivos alcançados, pois o mesmo trouxe mais reflexões sobre os espaços de vivencia dos alunos e uma perspectiva sobre as aulas de geografia.

Publicado
2019-12-12
Edição
Seção
Metodologias ativas no Ensino de Geografia