A GEOGRAFIA NAS ATIVIDADES ESCOTEIRAS: O MÉTODO DE ENSINO E FUNDAMENTAÇÃO PEDAGÓGICA

  • Heitor Silva Sabota
Palavras-chave: Geografia Escolar; Movimento Escoteiro; Ensino Não Formal

Resumo

Este trabalho refere-se à identificação de práticas educativas realizadas em ambiente de educação não formal, na qual há diálogo com o ensino formal de Geografia. Para isso, foi realizada uma Pesquisa Participante em um Grupo Escoteiro sediado em Goiânia durante um ano. O objetivo deste texto é traçar paralelos entre o escotismo e o ensino de Geografia, através das habilidades desenvolvidas pelo movimento e a identificação da fundamentação pedagógica do projeto educativo utilizado pelo grupo. Para cumprir tal objetivo foi realizada uma leitura analítica dos documentos normativos e orientadores do movimento escoteiro, verificando a correspondência destas orientações na rotina de trabalho do grupo observado. Foram notadas significativas aproximações entre as atividades realizadas pelos escoteiros com o ensino escolar, principalmente aquelas relacionadas ao desenvolvimento de habilidades geográficas. Também foi percebida na atuação dos Escotistas a aplicação de um método de ensino que remonta alguns fundamentos educacionais defendidos por Pestalozzi.

Publicado
2019-12-12
Edição
Seção
Metodologias ativas no Ensino de Geografia