A EDUCAÇÃO SEXUAL NO ENSINO DA GEOGRAFIA

  • Rafaela Saraiva
  • Jonas Ambrósio Hamud
  • Kalina Salaib Springer
Palavras-chave: IST; DST, Sexualidade segura

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo expor os problemas encontrados para a inclusão da educação sexual nos conteúdos escolares, como previsto no Currículo Nacional do Ministério da Educação. O intuito é apresentar o projeto de oficinas sobre educação sexual nas escolas direcionadas especialmente para estudantes que estão na faixa etária de 12 a 14 anos. A realização das oficinas é uma proposta de resolução dos aparatos legais da legislação, e visa auxiliar o trabalho do professor no trato com os conteúdos de educação sexual e fomentar a conscientização à proteção e redução de vulnerabilidades dos jovens à doenças e infecções sexualmente transmissíveis. A finalidade é que por meio dessas ações, o empoderamento de jovens possa fundamentar um processo investigativo e de intervenção, que possa promover a transformação da realidade, com vias ao controle da transmissão de doenças e infecção iniciação sexual precoce.

Publicado
2019-12-12
Edição
Seção
Políticas e Práticas curriculares no Ensino de Geografia