ENTRE AÇÕES, PERCEPÇÕES E CONTRIBUIÇÕES: NARRATIVAS DE JOVENS PROFESSORES NO PROGRAMA RESIDÊNCIA PEDAGÓGICA DE GEOGRAFIA

  • Igor de Jesus Santos
  • Bruna Souza Silva
Palavras-chave: Narrativas, Identidade Docente, Ensino de Geografia, Residência Pedagógica

Resumo

Esta pesquisa tomou como base o campo da historiografia, especificamente da história oral na qual se encarrega de narrar história e memória, histórias de vida, (auto) biografias e biografias. Situado neste campo de reflexão, sustentou-se nas tessituras narradas dos jovens professores (as) no Programa Residência Pedagógica de Geografia (RP) como objeto preponderante na análise. Tivemos como objetivo entender as potencialidades e/ou limites do programa balizados por narrativas de formação dos residentes, professores (as) de formação inicial. Como suporte teórico na análise da pesquisa, utilizamos Passeggi (2017), Portugal (2016), Cavalcante (1998), Cunha (2013), Gatti (2010), entre outros. Por fim, percebemos a partir da análise das narrativas o nosso crescimento intelectual, a formação da identidade docente e um ensino crítico da Geografia.

Publicado
2019-12-12
Edição
Seção
Políticas de formação de professores e o Ensino de Geografia