UM OLHAR SOBRE A EDUCAÇÃO NO CAMPO: ALGUNS DESAFIOS NO ENSINO DE GEOGRAFIA NA AMAZÔNIA PARAENSE

  • Wallysson de Oliveira Carvalho
  • Daniel Mallmann Vallerius
Palavras-chave: Sujeitos, ação docente, geografia escolar

Resumo

Este trabalho está pautado em um referencial bibliográfico cujo o objetivo é propiciar a reflexão sobre o ensino da Geografia em escolas do campo. Tem como itens fundamentais: apresentar alguns dilemas no ensino de geografia voltados principalmente para a realidade da Amazônia paraense, que ainda busca por políticas educacionais que atendam às necessidades escolares. Como metodologia foi realizada uma análise teórica e empírica da região amazônica, buscando mostrar a realidade da educação paraense, partindo de uma ótica geográfica que mescla a vivência e experiência intelectual e acadêmica. A qualidade educacional no Pará ainda se encontra distante da ideal, ainda faltam boas condições de infraestrutura, além de projetos voltados para a educação. Buscou-se compreender como é desenvolvido o ensino da geografia, e de que forma poderia ser trabalho mediante as necessidades da educação básica nas escolas do campo. Entendendo que a educação ainda passa por transformações que envolvem a sociedade, algumas proposições foram trazidas no sentido de que a educação e principalmente o ensino de geografia são importantes na constituição dos sujeitos. Sabendo que o campo carrega consigo complexidades e particularidades, entende-se que o lugar de vivência dos alunos deve ser considerado importante no processo de ensino de geografia e para a formação da identidade cidadã, e os conhecimentos escolares devem ser trabalhados juntamente com os saberes acumulados e a cultura camponesa, e o professor é um dos atores que podem ajudar a transformar essa realidade. Portanto, alguns caminhos podem ser traçados, a escola ainda deve passar por mudanças, a educação geográfica deve ser pensada também na perspectiva da educação do campo, e a busca por alternativas desta discussão específica deve gerar um debate geral na educação, que possibilitem uma democratização do ensino, e que atenda todas as demandas sociais e educacionais.

Publicado
2019-12-13
Edição
Seção
EJA, Educação do Campo, Educação Indígena e Quilombola no Ensino de Geografia