ESCOLA SEM PARTIDO OU PARTIDO DO MERCADO?

  • Jessilyn Gomes da Silva
  • Gleika Marques da Silva
Palavras-chave: Escola Sem Partido, Geografia Escolar, Reforma do Ensino Médio

Resumo

A pesquisa busca analisar a Reforma do Ensino Médio (Lei 13.415/2017) e o Projeto Escola Sem Partido (PL867/2015) indicando alguns dos principais impactos para a Geografia Escolar. As inquietações foram desmembradas a partir do cotejamento de leituras de autores sobre Ensino de Geografia: Cavalcanti (1998) e Lacoste(2012), a partir da perspectiva de “espaço” de Massey (2008) e das leituras sobre uma educação ligada a teoria dialógica (Freire, 1993);(FRIGOTO, 2017) e pelo método de investigação da pesquisa-participativa com o uso de entrevistas semiestruturadas com alunos e professores do Colégio Estadual Visconde de Cairu na Zona Norte do município do Rio de Janeiro entre os anos de 2017 e 2018. Assim, considera-se a implementação da Reforma do Ensino Médio e a aprovação de projetos vinculados ao Escola Sem Partido como pautas que não são demandas dos alunos, os quais destacaram a importância da persistência da disciplina no currículo em todos os anos do Ensino Médio, conjuntamente com a liberdade da prática docente em tempos de uma escola com censura.

Publicado
2019-12-13
Edição
Seção
Políticas educacionais e o Ensino de Geografia