O PODER DO CONHECIMENTO GEOGRÁFICO: PARA SUPERAR O PARADOXO DA CIÊNCIA

  • Rejane Cristina de Araujo Rodrigues
Palavras-chave: Paradoxo da Geografia, Educação Geográfica, poder do conhecimento

Resumo

Neste artigo analisamos a pertinência da tese do paradoxo da Geografia para o caso brasileiro, utilizando-se para tal a aplicação de questionários a alunos do 3º ano do Ensino Médio de escolas da rede pública e privada do Rio de Janeiro. Os resultados confirmam a tese do paradoxo, indicando o reconhecimento dos jovens estudantes do papel formativo da Geografia escolar, porém incapaz de mobilizar seu potencial formativo a favor da profissionalização na ciência geográfica. Complementarmente, propomos recuperar as teses sobre o poder do conhecimento, em particular sobre o poder da Geografia, como um caminho metodológico para pensarmos a superação do paradoxo da ciência.

Publicado
2020-02-05
Edição
Seção
Políticas e Práticas curriculares no Ensino de Geografia