Mapeamento Ambiental Participativo (MAP) EM Ilha Comprida (SP) como subsídio à gestão e planejamento de áreas costeiras

Autores

  • Viviane Gomes de Araújo Universidade Estadual de Campinas
  • Jeovanes Lisboa da Silva Filho Universidade Estadual de Campinas
  • Salvador Carpi Junior Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2013

Palavras-chave:

Ponta da Praia Norte. Ilha Comprida (SP). Mapeamento Ambiental Participativo (MAP). Planejamento e gestão costeira

Resumo

Os ambientes costeiros são reconhecidamente áreas frágeis devido a fatores geográficos e geológicos. O aumento da ocupação humana nos litorais potencializa a degradação ambiental. Neste trabalho, apresenta-se o Mapeamento Ambiental Participativo como instrumento para auxiliar a gestão e planejamento de áreas costeiras e discute-se a experiência inicial de sua aplicação na Ponta da Praia Norte, no município de Ilha Comprida (SP), área de uso e ocupação desordenada de suas terras, e suscetível a processo de erosão costeira. 

Biografia do Autor

Viviane Gomes de Araújo, Universidade Estadual de Campinas

Instituto de Geociências, Departamento de Geografia

Jeovanes Lisboa da Silva Filho, Universidade Estadual de Campinas

Instituto de Geociências, Departamento de Geografia

Salvador Carpi Junior, Universidade Estadual de Campinas

Instituto de Geociências, Departamento de Geografia

Referências

AMORIM, Raul Reis; OLIVEIRA, Regina Célia. Zoneamento ambiental, subsídio ao planejamento no uso e ocupação das terras da costa do descobrimento. Mercator, Fortaleza, v. 12, n. 29, set./dez. 2013, p. 211-231.

BECEGATO, J. L. Impacto ambiental antrópico na APA (Área de Proteção Ambiental) da Ilha Comprida (SP), da Pré-História à atualidade. Universidade de Guarulhos. Dissertação de mestrado (Análise Geoambiental). Guarulhos, 2007.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil: promulgada em 5 de outubro de 1988.

CARPI JUNIOR., S., et. al. Riscos ambientais na Bacia do Rio Mogi-Guaçu: proposta metodológica. Geografia, Rio Claro, v. 30, n. 2, p. 347-364, 2005.

CIRM. II Plano Nacional de Gerenciamento Costeiro (PNGC II). Brasília. 1997.

DAGNINO, R. de S. Riscos ambientais na bacia hidrográfica do Ribeirão das Pedras, Campinas/São Paulo. 2007. 127 p. Dissertação (Mestrado), Geografia, Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociências, Campinas, 2007.

DAGNINO, R. de S; CARPI JUNIOR. História, Desafios e Perspectivas do Mapeamento Ambiental Participativo no Estado de São Paulo, In: DIAS, L.S.: BENINI, S. Estudos Ambientais Aplicados em Bacias Hidrográficas. 2 ed. Tupã, ANAP, pp. 13-28, 2016.

IBAMA – SMA – UNICAMP: Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis; Secretaria de Estado de Meio Ambiente; Universidade Estadual de Campinas. Diagnóstico ambiental participativo do Vale do Ribeira e Litoral Sul de São Paulo.

São Paulo: Secretaria de Estado de Meio Ambiente, v.1, 1998. 85 p.

ITALIANI, D. M; MAHIQUES, M. M. O registro geológico da atividade antropogênica na região do Valo Grande, Estado de São Paulo, Brasil. Quaternary and Environmental Geosciences 2014, 5, 2, pp. 33-44. Disponível em< http://revistas.ufpr.br/abequa/article/view/34522/23346>. Acesso em: fevereiro de 2017.

PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. (PETROBRÁS). Diagnóstico Participativo Programa de Educação Ambiental PEA-SP - Região 03. Relatório final de Diagnóstico Participativo do Litoral Sul, nov. 2012.

SANTOS, F. M. Dinâmica populacional e mudanças ambientais: riscos e adaptação em Ilha Comprida, Litoral Sul de São Paulo. 2015. 210 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, SP, 2015.

SANTOS, V. C. Alterações ambientais no município de Ilha Comprida, SP: estudo de caso da comunidade caiçara do bairro de Pedrinhas. 2012. 175 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Instituto de Geociências, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2012.

SILVA, Amanda Cristina Alves. Mapeamento participativo de riscos ambientais no bairro rural Água Fria, São José do Rio Pardo. 2015. 67 p. Monografia (Bacharelado), Geografia, Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Geociências, Campinas, 2015.

SILVA FILHO, Jeovanes Lisboa; SILVA, Amanda Cristina Alves; CARPI JUNIOR, Salvador. Mapeamento Participativo Aplicado ao Estudo de Riscos Ambientais no Bairro rural Sítio Novo, São José do Rio Pardo, São Paulo. In: Periódico Eletrônico do XI Fórum Ambiental da Alta Paulista. Educação Ambiental. v 11, n 04, 2015, pp. 55-67.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Dinâmica e Gestão de Zonas Costeiras