Análise da dinâmica da cobertura vegetal no estado de Mato Grosso utilizando Índices de Vegetação do sensor MODIS

Autores

  • Thales Vaz Penha Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais
  • Cristiane Nunes Francisco Universidade Federal Fluminense

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2077

Palavras-chave:

MODIS. Índices de vegetação. Desmatamento. Amazônia

Resumo

As mudanças na dinâmica de uso e cobertura da terra no estado de Mato Grosso têm multiplas origens. Desde os anos 1970 com a introdução de novas técnicas e tecnologias no espaço agrário, impulsionadas pela expansão da atividade agropecuária, o processo de desmatamento tem se intensificado. O uso de dados e técnicas de sensoriamento remoto têm possibilitado estudos sobre a dinâmica da cobertura vegetal, o monitoramento do desmatamento e a análise das mudanças de uso e cobertura da terra. O presente estudo objetivou identificar as alterações da cobertura vegetal aplicando uma metodologia de detecção de mudanças e o uso de imagens MODIS com índices de vegetação NDVI e EVI para verificar as áreas desmatadas entre 2004 e 2014 na Amazônia matogrossense. Os resultados dos mapeamentos foram considerados satisfatórios com exatidão global (94% para NDVI e 82% para EVI) e índice Kappa (0,83 a NDVI e 0,58 a EVI).

Biografia do Autor

Thales Vaz Penha, Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais

Divisão de Processamento de Imagens, Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. 

 

Cristiane Nunes Francisco, Universidade Federal Fluminense

Departamento de Análise Geoambiental

Referências

ANDERSON, L. O. Classificação e monitoramento da cobertura vegetal do Estado de Mato Grosso utilizando dados multitemporais do sensor MODIS. Dissertação (Mestrado em Sensoriamento Remoto) – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. São José dos Campos – SP, 2005.

ANDERSON, L. O.; SHIMABUKURO, Y. E.; DEFRIES, R. S.; MORTON, D. Assessment of Deforestation in Near Real Time Over the Brazilian Amazon Using Multitemporal Fraction Images Derived From Terra MODIS. IEEE Geoscience and Remote Sensing Letters, vol. 2, no. 3, 2005.

BECKER, B. K. A Amazônia e a política ambiental brasileira. In: SANTOS, M. & BECKER, B. K. (org.). Território, Territórios: ensaios sobre o ordenamento territorial. Rio de Janeiro: Lamparina, 2007. 3ºed, pg. 22-40.

CONGALTON, R. G. A review of assessing the accuracy of remotely sensed data. Remote sensing of envinronment, n.37, p.35-46, 1991.

CONGALTON, R. G; GREEN, K. Assessing the accuracy of remotely sensed data: principles and practices. 2 ed. United States of America: Taylor & Francis Group, 2009.

COURA, S. M. C. Mapeamento de vegetação do estado de Minas Gerais utilizando dados MODIS. Dissertação (Mestrado em Sensoriamento Remoto) - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, São José dos Campos, 2007.

FRANCISCO, C. N.; ALMEIDA, C. M. Avaliação de desempenho de atributos estatísticos e texturais em uma classificação de cobertura da terra baseada em objeto. Boletim de Ciências Geodésicas. Vol.18, nº2, pp. 302-326. Curitiba - PR. 2012.

HUETE, A. R. LIU, H.Q. BATCHILY, K. VAN LEEUWEN, W. A Comparison of Vegetation Indices over a Global Set of TM Images for EOS-MODIS. Remote sensing of environment, n.59, p.440-451, 1997.

INPE, INSTITUTO DE PESQUISAS ESPACIAIS. Monitoramento da cobertura florestal da Amazônia por satélites. Sistema PRODES, DETER, DEGRAD e Queimadas 2007-2008. SP: São José dos Campos, 2008a. Disponível em: <http://www.obt.inpe.br/prodes/Relatorio_Prodes2008.pdf>. Acesso em: maio/ 2015.

JIANYA, G.; HAIGANG, S.; GUORUI, M.; QIMING, Z. A Review of MultiTemporal Remote Sensing Data Change Detection Algorithms. The International Archives of the Photogrammetry, Remote Sensing and Spatial Information Sciences, vol. XXXVII, 2008.

LU, D.; MAUSEL, P.; BRONDIZIO, E.; MORAN, E. Change detection techniques. International Journal of Remote Sensing, v. 25 n. 12, pp. 2365-2407, 2004.

MARCUZZO, F. F. N., ROCHA, H. M. MELO, D. C. R. Mapeamento da precipitação pluviométrica no bioma da Amazônia do estado de Mato Grosso. In: X SIMPÓSIO DE RECURSOS HÍDRICOS DO NORDESTE. Anais... Fortaleza, Ceará, 2010.

MORTON, D.; DEFRIES, R. S.; SHIMABUKURO, Y. E.; ANDERSON, L. O.; FERNANDO DEL BON ESPÍRITO-SANTO, F. D. B.; HANSEN, M.; CARROLL, M. Rapid Assessment of Annual Deforestation in the Brazilian Amazon Using MODIS Data. Earth Interactions, vol 9, no. 8, 2005.

PONZONI, F. J.,SHIMABUKURO, Y. E.,KUPLICH, T. M. Sensoriamento Remoto da Vegetação. São Paulo: Oficina de Textos, 2012. 90 p.

ROSEMBACK, R. Análise da dinâmica da cobertura vegetal na região sul do brasil a partir de dados MODIS – TERRA. Dissertação (Mestrado em Sensoriamento Remoto) - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, São José dos Campos, 2007.

ROUSE, J.W. HAAS, R.H. SCHELL, J.A. DEERING, D.W. HARLAN, J.C. Monitoring the vernal advancement of retrogradation (greenwave effect) of natural vegetation. NASA/GSFC, Type III, Final Report, Greenbelt, MD, 1974.

SEMA/MT, SECRETARIA DE ESTADO DE MEIO AMBIENTE DE MATO GROSSO. Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento e Queimadas do Estado de Mato Grosso. Governo do Estado de Mato Grosso. Cuiabá: SEMA/MT, 2009.

SILVA, E. Território, Cidade e Rede: O Papel de Rondonópolis na Expansão da Soja no Cerrado Mato-Grossense. Tese (Doutorado em Geografia Humana) – Universidade de São Paulo. São Paulo: 2009.

SINGH, A. Digital Change Detection techniques using remotely-sensed data. International Journal of Remote Sensing, v. 10 n. 06, pp. 989-1003, 1989.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Geotecnologias e Modelagem Espacial em Geografia Física