Classificação de antropossolos em áreas de antigos depósitos de resíduos sólidos em Presidente Prudente – SP: primeira aproximação

Autores

  • Janaina Natali Antonio Universidade Estadual Paulista
  • Graciela Isabel Metternicht University of New South Wales
  • José Tadeu Garcia Tommaselli

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2201

Palavras-chave:

Antropossolos. Geomorfometria. Paisagem. Contaminação do solo

Resumo

O objetivo deste estudo foi desenvolver uma metodologia para classificar os Antropossolos em antigas áreas de depósitos de resíduos sólidos urbanos em Presidente Prudente - São Paulo. Os Antropossolos são uma nova categoria de solos com suas características naturais modificadas por atividades antrópicas. Estes solos são caracterizados pela presença de artefatos compostos por diferentes materiais, incluindo materiais tóxicos. Neste estudo foram avaliadas áreas utilizadas para a disposição de resíduos sólidos urbanos resultando em mudanças na paisagem e nas características do solo. Dados adicionais de relevo são utilizados para realizar a classificação dos Antropossolos, tais como dados geomorfométricos obtidos com base em um MDE (declividade, aspecto, curvatura e formas do relevo) e análises químicas e texturais do solo, a fim de verificar a área de influência de uma possível contaminação. 

Biografia do Autor

Janaina Natali Antonio, Universidade Estadual Paulista

Departamento de Geografia, Universidade Estadual Paulista, UNESP – Presidente Prudente.

Graciela Isabel Metternicht, University of New South Wales

School of Biological, Earth and Environmental Sciences, University of New South Wales, UNSW – Sidney.

Referências

BOCKHEIM, J. G. GENNADIYEV, A.N., HAMMER, R.D., TANDARICH, J.P. Historical development of key concepts in pedology. Geoderma , v. 124 p. 23–36, 2005.

CARRÉ, F. e McBRATNEY, A. B. Digital terron mapping. Geoderma 128, p. 340 - 353, 2005.

CETESB. Valores Orientadores para solos e águas subterrâneas no Estado de São Paulo. São Paulo: CETESB, Referente ao Relatório à Diretoria nº 001/2014/E/C/I, de 14.02.2014.

CURCIO, G. R., LIMA, V. C., GIAROLA, N. F. B. Antropossolos: proposta de ordem (1ª Aproximação). EMBRAPA Florestas, Colombo, 2004.

EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Manual de Métodos de Análise de Solos. Rio de Janeiro, 1997.

EMBRAPA - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Sistema brasileiro de classificação dos solos. Rio de Janeiro, 2006.

EVANS, J. ArcGis geomorphometry e gradient metrics. In: Quantitative methods in spatial ecology. Disponivel em: http://evansmurphy.wix.com/evansspatial#!arcgis-gradient-metrics-toolbox/crro, 2016.

FAO - Food and Agriculture Organization of the United Nations. IUSS Working Group WRB. World Reference Base for Soil Resources 2014, International soil classification system for naming soils and creating legends for soil maps. World Soil Resources Reports Nº. 106, Rome, 2015.

FUSHIMI, M. Vulnerabilidade ambiental aos processos erosivos lineares nas áreas rurais do município de Presidente Prudente - SP. Dissertação (Mestrado em Geografia). Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente - SP, 2012.

GODOY, M. C. T. F. de. Mapeamento geotécnico preliminar da região urbana de Presidente Prudente-SP Escala 1/25.000. São Carlos, 1989. Dissertação (Mestrado), Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Carlos, 1989.

IPPOLITI, G. A. R.; COSTA, L. M. da; SCHAEFER, C. E. G. R., FERNANDES FILHO, E. I. ; GAGGERO, M. R. Análise digital do terreno: ferramenta na identificação de pedoformas em microbacia na região de "mar de morros" (MG). Revista Brasileira de Ciência do Solo, vol. 29, núm. 2, pp. 269-276, 2005

LEMOS, R. C. de. e SANTOS, R. D. dos. Manual de descrição e coleta de solo no campo. Sociedade Brasileira do Solo, Campinas, 1996.

MACHADO, M. E.; MENEZES, J. C. S. dos S.; COSTA, J. F. C. L.; SCHNEIDER, I. A. H. Análise e avaliação da distribuição de metais pesados em um antigo aterro de resíduos sólidos urbanos “Aterro Invernadinha”. In: Evidência, Joaçaba v. 11 n. 2, p. 69-82, julho/dezembro 2011.

MACMILLAN, R. A. e PETTAPIECE, W. W. Soil landscape models: automated landscape characterization and generation of soil-landscape models. Research report no. 1. Agriculture and agri-food, Canada, Research Branch, Lethbridge, Canada, 1997.

MAZZINI, E. de J. T. De lixo em lixo em Presidente Prudente (SP): novas áreas, velhos problemas. (Bacharelado em Geografia), Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente, 1997.

MOORE, I. D., GESSLER, P. E., NIELSEN, G. A., PETERSON, G. A. Soil attribute prediction using terrain analysis. Soil Science Society of America Journal, v.57, p.443-452, 1993.

NUNES, J. O. R. Uma contribuição metodológica ao estudo da dinâmica da paisagem aplicada a escolha de áreas para construção de aterro sanitário em Presidente Prudente - SP. Tese (Doutorado em Geografia) - Faculdade de Ciência e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente - SP, 2002.

PEDRO MIYAZAKI, L. C. Dinâmicas de apropriação e ocupação em diferentes formas de relevo: impactos e vulnerabilidades em ambientes urbanos(Doutorado em Geografia) Universidade Estadual Paulista Presidente Prudente, 2014

RIBEIRO, S. R. A.. Integração de Imagens Landsat TM e dados auxiliares para a delimitação automática de unidades fisionômicas usando Redes Neurais Artificiais. Tese (Doutorado em Ciências Geodésicas) Universidade Federal do Paraná, Curitiba – PR, 2003.

REUTER, H. I. E NELSON, A. Geomorphometry in ESRI Packages. In: HENGL, T. e REUTER, H. I. Geomorphometry: Concepts, software, applications. Developments in soil science, volume 33, Elsevier, 2009.

SABO, L. A. Análise da incerteza na representação de classes temáticas resultantes da aplicação de uma rede neural artificial. Dissertação (Mestrado em Ciências Cartográficas) Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente, 2006.

VALERIANO, M. de M. e CARVALHO JUNIOR, O. A. de. Geoprocessamento de modelos digitais de elevação para mapeamento da curvatura horizontal em microbacias. Revista Brasileira de Geomorfologia, ano 4, nº 1, p. 17-29, 2003.

WILSON, J. P. & GALLANT, J. C. Digital terrain analysis. In: WILSON, J. P. e GALLANT, J. C. (eds.). Terrain analysis: principles and applications. New York: John Wiley e Sons, 2000.

YOSHIMOTO, K. Y. e FONTANA, S. Determinação de contaminantes em planície fluvial tecnogênica no Bairro Vila Nova Prudente. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em engenharia ambiental), Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente, 2013.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Geotecnologias e Modelagem Espacial em Geografia Física