Geotecnologias aplicadas à detecção de mudanças na cobertura vegetal da bacia hidrográfica do Rio Inhaúma – PE/AL

Autores

  • Carlos Eduardo Santos de Lima Universidade Federal de Pernambuco
  • Macelle Soares Almeida Silva Universidade de Pernambuco
  • Danilo Heitor Caires Tinoco Bisneto Melo Universidade Federal da Bahia
  • Daniel Dantas Moreira Gomes Universidade de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2228

Palavras-chave:

Sensoriamento Remoto. NDVI. Vegetação. Bacia Hidrográfica do Inhúma

Resumo

A presente pesquisa tem como objetivo apresentar de forma breve as transformações na cobertura vegetal da Bacia Hidrográfica do Inhaúma-PE, analisando de forma multitemporal as suas transformações nos períodos de 2011 a 2014, para analisar de forma robusta, foi necessário o uso de dados espectrais obtidos por Sensoriamento Remoto TM-Landsat 5 e Landsat 8/OLI, que juntamente com os Softwares ArcGis10.4.1; ENVI 5.2 e o ERDAS 2014 nos forneceu o suporte para os cálculos (Normalized Difference Vegetation Index - NDVI) e todo o processamento de dados. Com os dados gerados, foi possível desenvolver uma classificação supervisionada da vegetação, para esta classificação foram utilizadas quatro classes: vegetação densa, vegetação esparsa, vegetação rasteira e ausência de vegetação. Após a classificação, realizamos os mapas temáticos, que forneceram uma análise comparativa, os anos 2011 e 2014, assim, possuindo uma melhor perspectiva das mudanças durante os 4 anos que foram analisados. 

Biografia do Autor

Carlos Eduardo Santos de Lima, Universidade Federal de Pernambuco

Departamento de Ciências Geográficas/Universidade Federal de Pernambuco - UFPE.

Macelle Soares Almeida Silva, Universidade de Pernambuco

Geoprocessamento e Modelagem Ambiental, Universidade de Pernambuco - UPE.

Danilo Heitor Caires Tinoco Bisneto Melo, Universidade Federal da Bahia

Adjunto do Departamento de Geofísica/ Universidade Federal da Bahia - UFBA.

Daniel Dantas Moreira Gomes, Universidade de Pernambuco

Professor Adjunto, Universidade de Pernambuco - UPE.

Referências

AQUINO, C. M. Estudo da Degradação/Desertificação no Núcleo de São Raimundo Nonato - Piauí. 2010. 238 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Sergipe, Aracajú-SE.

BINDER, J. S.; PERES, L. F.; SANTOS, R. F. A utilização da base de dados GIMSS de NDVI no âmbito da DAS. In: Brasileiro de Sensoriamento Remoto (SBSR), 14, 2009, Natal. Anais. São José dos Campos: INPE, 2009. p. 2579-2586. Disponível em < http://marte.sid.inpe.br/col/dpi.inpe.br/sbsr%4080/2008/11.17.19.13/doc/2579-2586.pdf > Acesso em: 25. Jul. 2014.

PONZONI, F. J., SANTOS, S. B., & Cantinho, R. Z. Comparação entre índices de vegetação gerados a partir de dados dos sensores MODIS e Vegetation-2. In: Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto (SBSR), 13-18, 2013, Foz do Iguaçu. Anais. São José dos Campos: INPE, 2013. p. 3023-3030. Disponível em: < http://www.dsr.inpe.br/sbsr2013/files/p0124.pdf > Acesso em: 26 jul. 2014.

PONZONI, F.J; SHIMABUKURO, Y. E. Sensoriamento Remoto no Estudo da Vegetação. 1. ed. São José dos Campos: Editora Parêntese, 2007.

ROSENDO, J. S. Índices de vegetação e monitoramento do uso do solo e cobertura vegetal na bacia do rio Araguari–MG, utilizando dados do sensor MODIS. 2005. 152 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia. 2005.

ROUSE, J. W.; HASS, R. H.; DEERING, D. W.; SCHELL, J. A. Monitoring the vernal advancement and retrogradiation (green wave effect) of natural vegetation. Austin: Texas A. M. University, College Station, 1974.

NERY, C. V. M.; MOREIRA, A. A.; FERNANDES, F. H. S.; ALMEIDA, L. S.; ALMEIDA, R. P. Utilização do modelo linear de mistura espectral e NDVI para avaliação do comportamento de área desmatada no município de Rio Pardo do Minas/MG, Uberlândia-MG, v. 15, n. 49, p. 104-112, Fev./Mar. 2014 .

SATANA, S. H. C.; LAURENITO. M. L. S.; GALVINCIO. J. D. Aplicação do SARVI em fragmentos de mata no município de Recife-PE como alternativa de análises ambientais em áreas urbanas. In: Brasileiro de Sensoriamento Remoto (SBSR), 15, 2013, Foz do Iguaçú. Anais. São José dos Campos: INPE, 2013. p. 1121-1128. Disponível em: < http://marte2.sid.inpe.br/rep/dpi.inpe.br/marte2/2013/05.29.01.08.3.pdf1 > Acesso: 14 mai. 2014.

SANTIAGO, M. M.; SILVA, H. A.; GALVINCIO, J. D.; OLIVEIRA, T. H. Análise da Cobertura Vegetal Através dos Índices de Vegetação (NDVI, SAVI e IAF) no Entorno da Barragem do Botafogo-PE. In: Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto (SBSR), 14, 2009, Natal. Anais. São José dos Campos: INPE, 2009. p. 3003-3009. Disponível em: < http://marte.sid.inpe.br/col/dpi.inpe.br/sbsr@80/2008/11.18.02.18/doc/3003-3009.pdf > Acesso em: 10 mai. 2014.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Geotecnologias e Modelagem Espacial em Geografia Física