Análise das alterações geomorfológicas provocadas pela urbanização no cenário de 2010: o caso das vertentes do baixo curso do córrego do Facão em Araras (SP)

Autores

  • Valéria Coghi Bernardelli Universidade Estadual Paulista
  • Cenira Maria Lupinacci Universidade Estadual Paulista

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2337

Palavras-chave:

Antropogeomorfologia. Uso e ocupação da terra. Atividade antrópica

Resumo

Os diferentes tipos de uso da terra provocam alterações no sistema geomorfológico desde o surgimento do homem. Assim, o obejtivo deste artigo é identificar e entender as alterações geomorfológicas ocasionadas pela urbanização nas baixas vertentes do córrego do Facão, no município de Araras (SP), no ano de 2010. Para atingir o objetivo deste trabalho, buscou-se realizar mapeamento geomorfológico e de uso e ocupação da terra do cenário de estudo deste período. Por meio da análise dos mapeamentos, constatou-se canalização dos cursos fluviais, aterros, cortes e mudança na forma natural das vertentes provocadas pela atividade antropogênica. 

Biografia do Autor

Valéria Coghi Bernardelli, Universidade Estadual Paulista

UNESP/Câmpus de Rio Claro (SP).

Cenira Maria Lupinacci, Universidade Estadual Paulista

UNESP/Câmpus de Rio Claro (SP).

Referências

CASETTI, V. Ambiente e Apropriação do relevo. São Paulo: Contexto, 1991.

CERON, A.; DINIZ, J.A. O uso de fotografias aéreas na identificação das formas de utilização agrícola da terra. Revista Brasileira de Geografia. Rio de Janeiro, v. 28, n.02, p. 161 – 172, Jun.1966.

CHRISTOFOLETTI, A. Geomorfologia. 2ª ed. São Paulo: Edgard Blucher, 1980.

IBGE - INSITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Sinopse do Censo Demográfico 2010. Rio de Janeiro, 2011. Disponível em: < http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv49230.pdf > Acesso em: 04 de outubro de 2015.

IBGE - INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Diretoria de Geociências. Coordenação de Recursos Naturais e Estudos Ambientais. Manual Técnico de Uso da Terra. 2. ed. Rio de Janeiro, 2006.

NIR, D. Man a geomorphological agent. Jerusalém: Keter Publishing House, 1983.

RODRIGUES, C. Morfologia original e morfologia antropogênica na definição de unidades espaciais de planejamento urbano: exemplo na metrópole paulista. Revista do Departamento de Geografia (USP). São Paulo, n. 17, dez. 2005, p.101-111.

SILVEIRA, A. Diagnóstico ambiental do setor noroeste do sítio urbano de Piracicaba (SP): uma abordagem geográfica. 2009. 179f. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Rio Claro, 2009.

TRICART, J. Príncipes et methods de la geomorphologie. Paris: Masson, 1965.

VERSTAPPEN, H.T.; ZUIDAN, R.A. van. ITC System of Geomorphological survey. In ______. ITC Textbook of Photo-Interpretation. Enschede: International Institute for Aerial Survey and Earth Sciences, 1975.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Sistemas Geomorfológicos: Estrutura, Dinâmicas e Processos