Comparação de metodologias para preenchimento de falhas em banco de dados pluviométricos: média aritmética x ponderação regional com base em regressão linear

Autores

  • Nathália Karoline de Carvalho Soares Universidade Federal da Grande Dourados
  • Charlei Aparecido da Silva Universidade Federal da Grande Dourados

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2403

Palavras-chave:

Mudanças climáticas. Chuva. Mato Grosso do Sul

Resumo

O presente trabalho visa demonstrar a comparação nas metodologias para o preenchimento de falhas em banco de dados pluviométricos. A metodologia é derivada do projeto de tese “A expansão da cana-de-açúcar no Mato Grosso do Sul: Correlações entre o quadro de mudanças climáticas globais, a matriz energética de biocombustíveis e o regime das chuvas da região centro-sul no período de 1980 a 2015”. A comparação entre os métodos citados no título do artigo surgiu da necessidade do preenchimento das falhas presentes nos postos pluviométricos que servirão como base para algumas respostas que buscamos para saber se está havendo (ou não) mudanças nos padrões de chuva das regiões mais cobertas pelas usinas sucroalcooleiras do Estado do Mato Grosso do Sul. Assim, buscou-se, após estudo das duas metodologias, aplicar na versão final da tese aquela que mais se enquadrou com os dados disponíveis.

Biografia do Autor

Nathália Karoline de Carvalho Soares, Universidade Federal da Grande Dourados

Mestra em geografia e aluna de doutorado do programa de pós-graduação em geografia da Universidade Federal da Grande Dourados.

Charlei Aparecido da Silva, Universidade Federal da Grande Dourados

Professor pós-doutor, titular do programa de pós graduação em geografia da Universidade Federal da Grande Dourados.

Referências

ÁGUAS, Agência Nacional de. Hidroplu. 2017. Disponível em: <http://www2.ana.gov.br/Paginas/servicos/informacoeshidrologicas/monitoramentohidro.aspx>. Acesso em: 17 fev. 2017.

CARVALHO, Luís Eduardo Ximenes et al. Regressão linear geograficamente ponderada em ambiente SIG . Transportes, Brasil, v. , n. 2, p.18-26, dez. 2006.

CASTILLO, Ricardo. DINÂMICAS RECENTES DO SETOR SUCROENERGÉTICO NO BRASIL: COMPETITIVIDADE REGIONAL E EXPANSÃO PARA O BIOMA CERRADO. Geographia: As dinâmicas socioespaciais do agronegócio no Brasil e na Argentina, Rio de Janeiro, v. 17, n. 35, p.95-119, nov. 2015. Quadrimestral. Disponível em: <http://www.uff.br/geographia/ojs/index.php/geographia/issue/view/39>. Acesso em: 13 mar. 2017.

FANTE, Karime Pechutti; NETO’, João Lima Sant’anna. Aplicação de Técnicas Geo-Estatísticas em Análises Climatológicas: Metodologias para Preenchimento de Falhas. Xv Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada, Vitória, v. , n. 1, p.782-790, jul. 2013.

FREITAS, Elisa Pinheiro de. Território, poder e biocombustíveis: as ações do Estado brasileiro no processo de regulação terriotorial para a produção de recursos energéticos alternativos. 2013. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo.

FUNDECT. FUNDAÇÃO DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO DO ENSINO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL. Disponível em: <http://fundect.ledes.net/>. Acesso em: 10 fev. 2017.

OLIVEIRA, Luis F. C. de et al. Comparação de metodologias de preenchimento de falhas de séries históricas de precipitação pluvial anual. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 14, n. 11, p.1186-1192, ago. 2010.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Climatologia em diferentes níveis escalares: mudanças e variabilidades