Composição e análise isotópica da precipitação mensal em Porto Velho-RO entre outubro de 2013 e maio de 2014

Autores

  • José Celso Griebler Junior Programa de Pós-graduação em Geografia, Centro Polar e Climático, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Rafael R. Ribeiro Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Ronaldo T. Bernardo Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Francisco E. Aquino Universidade Federal do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2425

Palavras-chave:

Ciclagem da água. Isótopos de Oxigênio. Amazônia

Resumo

O ciclo hidrológico que ocorre na Amazônia é regulado por ventos que sopram no sentido Leste-Oeste, responsáveis por trazer vapor d’água proveniente da evaporação do Oceano Atlântico Tropical. No interior do continente, a água precipita, evapora e recicla. Parte da água que cai sobre a Amazônia, onde está inserida Porto Velho, tem fonte no oceano e parte é proveniente de fontes internas à bacia. Este trabalho relaciona, através da análise de isótopos estáveis de oxigênio, os valores de δ18O medidos a partir de amostras colhidas mensalmente entre outubro de 2013 e maio de 2014, com dados ambientais de temperatura e precipitação a fim de relacionar a variação deste isótopo estável na precipitação com as variações meteorológicas locais.

Biografia do Autor

José Celso Griebler Junior, Programa de Pós-graduação em Geografia, Centro Polar e Climático, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-graduação em Geografia, Centro Polar e Climático, Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Rafael R. Ribeiro, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Departamento de Geodésia, Centro Polar e Climático, Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Ronaldo T. Bernardo, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Centro Polar e Climático, Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Francisco E. Aquino, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Programa de Pós-graduação em Geografia, Departamento de Geografia, Centro Polar e Climático, Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Referências

DANSGAARD, W. Stable isotopes in precipitation. Tellus 16. 1964. P. 436-468.

GROOTES P.M., STUIVER M., THOMPSON L.G. e MOSLEY-THOMPSON E. Oxygen isotope changes in tropical ice, Quelccaya, Peru. 1989. Journal of Geophysical Research n. 94, p. 1187–1194.

HENDERSON K., THOMPSON L., LIN P-N. 1999. The recording of El Niño in ice core δ18O records from Nevado Huascarán, Peru. Journal of Geophysical Research. v. 104. p. 31 053–31 066.

LEOPOLDO, P., FRANKEN, W. e SALATI, E. 1982. Balanço hídrico de pequena bacia hidrográfica em floresta

amazônica de terra firma. Acta Amazonica, v. 12. p. 333-337.

LETTAU, H., LETTAU, K. e MOLION, L. 1979. Amazonia’s hydrologic cycle and the role of atmospheric recycling in assessing deforestation effects. Monthly Weather Review., v. 107. p 227-239.

MARENGO, J. 2004. Interdecadal variability and trends of rainfall across the Amazon Basin. Theoretical and Applied Climatology. V. 78 p. 79-96.

MARQUES, J., SANTOS, M., VILLA NOVA, N., SALATI, E. 1977. Precipitable water and water vapor flux between Belen and Manaus, Acta Amazonica, v. 7. p. 355-362.

MOLION, L. 1975. A climatonomic study of the energy and moisture fluxes of the Amazonas basin with considerations of deforestation effects. Ph.D thesis. University of Wisconsin, Madison. 133 p

PIELKE, R.A. Mesoscale meteorological modeling. 2nd. Edition, Academic Press, San Diego, CA. 2002. 676 p.

ROZANSKI, K., ARAGUAS-ARAGUAS L. e GONFIANTINI R. 1993. Isotopic patterns in modern global precipitation. In: Climate Change in Continental Isotopic Records. American Geophysical Union, Geophysical Monograph 78. p. 1 – 36.

SALATI, E, DALL’OLIO, A., MATSUI, E. e GAT, J. 1979. Recycling of water in the Amazon Basin: an isotopic study. Water Resources Research. v. 15. p. 1250-1258.

THOMPSON, L., MOSLEY-THOMPSON E. e HENDERSON K.. 2000. Ice core paleoclimate records in tropical South America since the Last Glacial Maximum. Journal of Quaternary Science. v. 15(4). p. 377-394.

VILLA NOVA, N. SALATI, E. e MATSUI, E. 1976. Estimativa da evapotranspiração na Bacia Amazônica. Acta Amazonica. v. 6. p. 215-228.

VUILLE, M. e WERNER, M. 2005. Stable isotopes in precipitation recording South American summer monsoon and ENSO variability-observations and model results. Climate Dynamics. n. 25, p. 401-413.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Climatologia em diferentes níveis escalares: mudanças e variabilidades