Contabilização das ondas de frio em Curitiba - Paraná

Autores

  • Rafael Brito Silveira Universidade Federal de Santa Catarina
  • Geisa Silveira da Rocha Universidade Federal do Paraná
  • Maikon Passos Amilton Alves Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2434

Palavras-chave:

Temperatura média. Frio extremo. Onda de frio. Região Sul

Resumo

Esta pesquisa analisa a ocorrência das ondas de frio (OdF) anuais e mensais no município de Curitiba entre os anos de 1961 e 2016, utilizando-se do método de Vavrus et al. (2006), baseando-se em dados de temperatura média diária do ar observados. Foram encontradas 150 OdF em toda série histórica, com destaque para os meses de inverno, seguidos pelos meses das estações de transição. Observou-se ainda que as OdF estão passando por uma tendência de diminuição nos últimos anos. É possível afirmar que Curitiba possui limiares rigorosos para se classificar uma onda, demonstrando que o local passa por episódios de frio intenso. Através da interpolação da OdF mais intensa da série histórica em Curitiba, baseando-se também em estações vizinhas, verificou-se que a mesma conteve valores de temperatura distintos no território, com temperaturas mais baixas no sentido oeste e noroeste.

Biografia do Autor

Rafael Brito Silveira, Universidade Federal de Santa Catarina

Departamento de Geociências/LabClima, PPGG, UFSC.

Geisa Silveira da Rocha, Universidade Federal do Paraná

Departamento de Geografia/LaboClima, PPGeografia, UFPR.

Maikon Passos Amilton Alves, Universidade Federal de Santa Catarina

Departamento de Geociências/LabClima, PPGG, UFSC.

Referências

BARBOSA, J.P.M. Utilização de método de interpolação para análise e espacialização de dados climáticos: o SIG como ferramenta. Caminhos de Geografia, v. 9, n. 17, p. 85-96, 2006.

CARSON, C.; HAJAT, S.; ARMSTRONG, B; WILKINSON, P. Declining vulnerability to temperature-related mortality in London over the 20th century. American Journal of Epidemiology, v. 164, n. 1, p. 77-84, 2006.

CASTRO, A.L.C.; CAVALHEIROS, L.B.; CUNHA, M.I.R; BRINGEL, M.I.N.C. Manual de Desastres – Desastres Naturais. Ministério da Integração Nacional – MI, Brasília, v. 1, 2003.

COSTA, E.R.; SARTORI, M.G.B.; FANTINI, V. Estudo da relação entre El Niño - La Niña e a ocorrência de ondas de frio na região de Santa Maria - RS. Boletim Gaúcho de Geografia, v. 33, n. 1, 2007.

DANNI-OLIVEIRA, I.M. Aspectos climáticos de Curitiba, PR. Ra’ega, Curitiba, v. 3, p. 229-253, 1999.

ESCOBAR. G. Padrões sinóticos associados a ondas de frio na cidade de São Paulo. Revista Brasileira de Meteorologia, v.22, n.2, 241-254, 2007.

FIRPO, M.A.F. Climatologia das ondas de frio e calor para o Rio Grande do Sul e sua relação com o El Niño e La Niña. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Pelotas. Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Meteorologia, Pelotas, 2008. Disponível em: <http://repositorio.ufpel.edu.br/handle/123456789/2185>. Acesso em: 12 mar. 2017.

FRITZSONS, E.; MANTOVANI, L.E.; DE AGUIAR, A.V. Relação entre altitude e temperatura: uma contribuição ao zoneamento climático no estado do Paraná. Revista de Estudos Ambientais, v. 10, n. 1, p. 49-64, 2008.

HORIKOSHI, A.S.; FISCH, G. Balanço hídrico atual e simulações para cenários climáticos futuros no município de Taubaté, SP, Brasil. Revista Ambiente e Água, v. 2, n. 2, p. 33-46, 2007.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Cidades: Curitiba. 2017. Disponível em: <http://www.cidades.ibge.gov.br/v3/cidades/municipio/4106902>. Acesso em: 12 mar. 2017.

IPCC - Intergovernmental Panel of Climatic Change. Summary for Policymakers. In: Climate Change 2013: The Physical Science Basis. Contribution of Working Group I to the Fifth Assessment Report of the Intergovernmental Panel on Climate Change [Stocker, T.F., D. Qin, G.-K. Plattner, M. Tignor, S.K. Allen, J. Boschung, A. Nauels, Y. Xia, V. Bex and P.M. Midgley (eds.)]. Cambridge University Press, Cambridge, United Kingdom and New York, NY, USA, 2013.

MELLO, C.D., LIMA, J.M., SILVA, A.M., MELLO, J.M.; OLIVEIRA, M.S. Krigagem e inverso do quadrado da distância para interpolação dos parâmetros da equação de chuvas intensas. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 27, n. 5, p. 925-933, 2003.

MENDONÇA, F.; DANNI-OLIVEIRA, I.M. Climatologia: noções básicas e climas do Brasil. São Paulo: Oficina de Textos, 2007.

MENDONÇA, M.; ROMERO, H. Ondas de frio, índices de oscilação e impactos socioambientais das variabilidades climáticas de baixa frequência na América do Sul. Edição Especial – “Climatologia Geográfica”, Revista Acta Geográfica, v.2, p.185 – 185, 2012.

MONTEIRO, M.; MENDONÇA, M. Dinâmica Atmosférica no Estado de Santa Catarina. In: Atlas de Desastres Naturais do Estado de Santa Catarina: período de 1980 a 2010, 2nd ed.; IHGSC-GCN/UFSC: Florianópolis, Brasil, v. 1, pp. 5–12, 2014.

NIMER, E. Climatologia do Brasil. Rio de Janeiro: IBGE, 422 p., 1979.

ROSSI, F.A.; KRÜGER, E.L.; BRÖDE, P. Definição de faixas de conforto e desconforto térmico para espaços abertos em Curitiba, PR, com o índice UTCI. Ambiente Construído, v. 12, n. 1, p. 41–59, 2012.

SARTORI, M.G.B. A circulação atmosférica regional e os principais tipos de sucessão do tempo no inverno do Rio Grande do Sul. Ciência e Natura, Santa Maria, v.15, p.69-93, 1993.

SILVEIRA, R.B. Ondas de frio em São Joaquim - Santa Catarina - Brasil: a saúde como fator dependente da qualidade de vida. 2016. 172 p. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Geografia, Florianópolis, 2016. Disponível em: <http://www.bu.ufsc.br/teses/PGCN0600-D.pdf>. Acesso em: 11 mar. 2017.

TITARELLI, A.H.V. A onda de frio de abril de 1971 e sua repercussão no espaço geográfico brasileiro. Universidade de São Paulo, Instituto de Geografia, 1972.

VANHONI, F.; MENDONÇA, F. O clima do litoral do estado do Paraná. Revista Brasileira de Climatologia, v. 3, 2008.

VAVRUS, S.; WALSH, J.E.; CHAPMAN, W.L.; PORTIS, D. The behavior of extreme cold air outbreaks under greenhouse warming. Int. J. Climatol., n. 26, p. 1133–1147, 2006.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Climatologia em diferentes níveis escalares: mudanças e variabilidades