“Tribal Brasil na Cidade”: aprendizado em movimento nas etnografias de videodanças do Curso de Formação em Tribal Brasil

  • Tamiris Aline Ferreira

Resumo

Neste trabalho apresentarei a discussão feita em minha dissertação de mestrado, no qual analiso quatro videodanças que fazem parte da atividade avaliativa do “Curso de Formação em Tribal Brasil a distância”. O objetivo deste artigo, é tratar do processo de aprendizagem do curso a partir de videodanças realizadas pelas bailarinas, no qual as experiências com as videodanças são partes do aprendizado de formação da bailarina em Tribal Brasil. Para falar sobre o processo aprendizagem, apresento as etnografias realizadas das videodanças que englobam não somente os movimentos corporais das bailarinas, mas os movimentos produzidos a partir dos aparatos audiovisuais, o que inclui desde a filmagem à edição. Para isso, terei como ponto de partida Tim Ingold e autores da fenomenologia como Maurice Merleau-Ponty e Maxine Sheets--Johnstone. Com esse aporte, analiso os movimentos de outras “coisas” para além do “corpo”, percebendo assim, como todos os elementos se relacionam e se correspondem.

Publicado
2019-07-16
Seção
ST 11 - Confluência de saberes em tempos de incerteza: diálogos (indisciplinares) entre religião, magia, ciência, filosofia e arte