Foco e Escopo

A Reunião de Antropologia da Ciência e Tecnologia compreende a realização de seminários temáticos de chamada aberta, com apresentação de trabalhos que resultem de pesquisas concluídas ou em fase de finalização. Os trabalhos apresentados, em sua versão completa, serão posteriormente publicados nos anais do evento.  As contribuições dos autores devem expressar reflexões sobre os temas em questão, “antropologia”, “ciência” e “tecnologia” ou, sobre temáticas específicas como as fronteiras entre o conhecimento científico e o conhecimento não-científico; potenciais e possibilidades de uma antropologia interespecífica;  ciência, gênero e corporalidades; tecnociências e biopolítica; ecopolítica e/ou políticas da natureza.

Processo de Avaliação pelos Pares

Os resumos das propostas de trabalho a serem apresentados nos seminários temáticos da Reunião de Antropologia da Ciência e Tecnologia são enviados a três pareceristas da comissão científica do evento, que os avaliam a partir dos seguintes critérios:

1-    Adequação à proposta do evento, qual seja, a promoção de um diálogo crítico sobre os temas e abordagens possíveis nas antropologias da ciência e da tecnologia;

2-    Qualidade acadêmica do trabalho, incluindo: clareza dos objetivos; redação; clara definição dos métodos de análise e dos recortes empíricos propostos no trabalho;

3-    Caráter inovador e reflexivo da proposta, pensando no potencial do trabalho para colaborar para a discussão sobre os rumos atuais do campo da Antropologia da Ciência e da Tecnologia.

São, então, selecionados os trabalhos que obtiverem a melhor nota a partir da média das avaliações dos três pareceristas.

Periodicidade

Bianual

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Fontes de Apoio

Rede de Antropologia da Ciência e Tecnologia

CNPq/CAPES/FAPESP