“The video is wrong”: notas etnográficas sobre a introdução do árbitro de vídeo na Copa do Mundo televisionada

  • Victor Ramos Freire

Resumo

A Copa do Mundo é um megaevento aguardado por bilhões de torcedores ao redor do mundo e um grande fenômeno televisivo. A edição de 2018 na Rússia marcou a introdução oficial do árbitro de vídeo (ou VAR) no futebol profissional. O VAR é um produto da televisão que adentrou o campo e as regras do esporte e também é uma transformação técnica que, assim como a TV, é ecológica (POSTMAN, 1998). O árbitro de vídeo é o exemplo definitivo de quanto o arranjo ecológico-televisivo pauta o futebol. A pesquisa etnográfica que dá base a este trabalho busca explorar o impacto da introdução da nova técnica no ambiente futebolístico tanto na
dimensão televisiva a partir de falas dos seus “especialistas” esportivos quanto na estrutura do
VAR que contradiz a dicotomia orgânico/mecânico e estabelece novos arranjos humanos e não--humanos. Ambas dimensões modificam o esporte introduzindo novas lógicas que muitas vezes se opõem as lógicas estabelecidas, transportando seus contextos através de telas.

Publicado
2019-07-17