A interdisciplina Encontro de Saberes/UFRGS como proposta investigativa-metodológica

  • Marília Raquel Albornoz Stein
  • Ana Lucia Liberato Tettamanzy
  • Rumi Regina Kubo
  • Luciana Prass

Resumo

A disciplina Encontro de Saberes surge na Universidade de Brasília em 2010 na esteira dos debates em torno da inclusão da população afrodescendente e indígena na educação superior e do desenvolvimento de políticas públicas para as culturas populares.Propõe a docência compartilhada entre professores das universidades e Mestres dos Saberes Tradicionais e Populares pertencentes às matrizes indígenas e afro-brasileiras através de experiências interepistêmicas que não separam teoria e metodologia, reflexão e intervenção. Na Universidade Federal do Rio Grande do Sul é oferecida semestralmente desde 2016/2, já envolveu mais de 275 alunos,
docentes de várias unidades e cerca de 20 Mestres e Mestras em exercícios interdisciplinares de observação e análise, trabalhos de campo, registros, práticas, improvisações, intervenções e pesquisa teórica. A partir de trabalhos de alunos e de sala de aula, ressignificamos a proposição de Boaventura de Sousa Santos (2002) de que as experiências sociais produzem conhecimento. Reconhecemos nos Mestres os saberes afro-pindorâmicos definidos pelo intelectual quilombola Antônio Bispo dos Santos (2015) a partir da territorialidade.

Publicado
2019-07-17