A produção de conhecimento em “álcool” e “drogas” desde instâncias médico-científicas – infrações de trânsito e variáveis de pesquisa

  • Eduardo Doering Zanella Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Resumo

Esta pesquisa estabelece uma intersecção entre a questão do uso de psicoativos e antropologia da ciência. O objeto da investigação constitui a produção de conhecimento e normas relativas ao uso de “álcool” e “drogas” por instâncias médico-científicas. A partir de uma perspectiva teórica fundada nos Estudos Sociais da Ciência e Tecnologia, que percebe a ciência enquanto rede heterogênea, este conhecimento é compreendido e investigado a partir dos elementos diversos mobilizados em sua produção. A pesquisa parte da análise de um convênio estabelecido em Fevereiro de 2013 entre o Departamento de Trânsito do Estado do RS (DETRAN/RS) e o “Centro de Pesquisa em Álcool e Drogas” (CPAD), vinculado ao departamento de psiquiatria da UFRGS e localizado no Hospital de Clínicas de Porto Alegre. O convênio objetiva fomentar pesquisas relativas ao uso de psicoativos por condutores, bem como a utilização destas na elaboração de projetos de segurança no trânsito. Nesse sentido, o CPAD promove a formação de agentes de trânsito para aplicação do “teste padronizado de sobriedade” em condutores, que implica a detecção do uso do “álcool” e “drogas” via a observação de movimentos corporais específicos. Os resultados obtidos nestas operações são utilizados como dados pelo CPAD para produção de pesquisas que traçam o perfil de condutores infratores e não-infratores, com foco em questões relativas ao uso de psicoativos. Esta investigação de cunho etnográfico dispõe da análise de notícias, documentos e projetos relativos ao referido convênio. Também se utiliza da observação da “ciência em ação”, via o acompanhamento tanto da coleta de dados nas operações do DETRAN\RS, quanto da formação dos agentes de trânsito. Objetiva-se a descrição da rede articulada na produção deste conhecimento, com o intuito de compreender duas questões-chaves: a geração de normas e técnicas de governamentalidade relativas ao uso de “álcool” e “drogas” a partir deste encontro entre Ciência e Estado.

Publicado
2014-08-24